CAPA

Mulheres, médicas e mães: elas brilham nos consultórios e fora deles

Inspire-se com a história de cinco médicas e amigas que conciliam com amor e entusiasmo a rotina entre a vida familiar, a carreira e os momentos de autocuidado

Elas têm muito em comum e, ao mesmo tempo, muitas características únicas. São mulheres, são médicas e são mães, no sentido mais completo e profundo de cada uma dessas palavras.
As amigas Ana, Doryane, Luciana, Luciane e Michele, são cinco mulheres que inspiram mulheres e SE inspiram EM mulheres. Cinco médicas que enxergam seus pacientes com os olhos físicos e com os do coração. Cinco mães que vivem a maternidade em sua completude e redescobrem o sentido dos dias a cada nova experiência com seus filhos.
O modo e a intensidade com que abraçam a medicina e conciliam a vida pessoal, a maternidade e as escolhas diárias fazem com que elas sejam singulares em meio ao universo plural que é ser mulher e mãe.

Médicas também são pacientes – nos dois sentidos. Elas sabem o que significa estar do outro lado, recebendo o atendimento. Por isso, prezam pela escuta e pela compreensão além do diagnóstico técnico, unindo com perfeita sintonia a medicina e o profissionalismo com a humanidade. E isso envolve a paciência genuína: ter amor por cuidar, por entender, por acolher o tempo e o processo de toda pessoa que passa pelos consultórios.
Otorrinolaringologista, coloproctologista, anestesiologista, endocrinologista e dermatologista. Cinco especialidades distintas, cinco contextos. Existe muita beleza em todos eles. Assim como também existem obstáculos a serem superados – o que elas fazem com maestria, discernimento e humildade, sabendo a hora de intervir e de interceder.

 

Dra. Ana Paula

“O que faz toda diferença é realizar tudo com amor, tentando sempre se colocar no lugar do outro”

Ana Paula Intra Matsumoto é assertiva em sua fala, em sua postura profissional como otorrinolaringologista e em sua maneira de organizar a vida. Mãe do Pedro e da Ana Clara, esposa do médico Minoru Matsumoto, escolheu a medicina ainda criança, o que a fez sair do estado do Espírito Santo com destino ao Rio de Janeiro para estudar. Durante o último ano da faculdade, o internato, cursado em São Paulo, Dra. Ana conheceu o esposo. Em 2011, a família passou a morar em Cascavel. Desde então, a médica se dedica a viver com “tempo de qualidade”, tanto no trabalho quanto na rotina pessoal. “Fiz de Cascavel minha cidade e aqui conquistei amizades que considero como irmãos. Acredito que a família e os amigos são a base de tudo e que com esforço, dedicação e respeito ao próximo podemos realizar grandes coisas”.

Doutora Ana gosta de atividades físicas, por isso começa suas manhãs acordando cedo e se exercitando. “Faz meu dia ser muito mais produtivo”, revela. Também adora aquele café da manhã em família e as brincadeiras com os filhos. Para a médica, são momentos que preenchem seu coração. Como mãe, enxerga a vida com amor e otimismo. Como médica, valoriza a escuta e a empatia. Como mulher, carrega a fé e a gratidão. “Não há mal que dure para sempre, dias ruins passam, e os dias felizes também se vão, por isso, por mais difícil que seja o momento, sempre temos algo pelo que agradecer”, comenta.

A convite do Dr. Luciano Gerolamo Gomes, em 2011, Dra. Ana passou a fazer parte do competente e comprometido corpo clínico da NEO (Núcleo Especializado de Otorrinolaringologia), a maior clínica de ouvido, nariz e garganta do Oeste do Paraná. “Sou grata a todo corpo clínico da NEO pelo companheirismo; são mais do que colegas de profissão, são amigos. Sou muito feliz por trabalhar com uma equipe coesa e tão dedicada”. Sobre a especialidade, afirma categoricamente: “o que mais amo é trabalhar com as diversas faixas etárias desde recém-nascidos até idosos e poder atuar tanto com a parte clínica quanto a cirúrgica. O mais difícil é saber administrar o tempo, equilibrar a vida pessoal com a profissional e o estudo, que é constante”, relata.

Sua segurança, postura firme e doce vem de outras mulheres: “minhas maiores fontes de inspiração, além da minha mãe e minha irmã, que sempre foram fortes e de muita fé, são as minhas amigas, que, além de competentes profissionais, são mães admiráveis e amigas excepcionais”, conta a otorrinolaringologista.

 

“Tenho dois filhos, o Pedro, de 8 anos, e a Ana Clara, de 6 anos. Eles me fizeram ser uma pessoa e uma profissional melhor, enxergar tudo de forma mais leve e perceber como as pequenas coisas do dia a dia podem ser especiais e realmente preencher a nossa vida.”

 

"Ser realizada é poder trabalhar com o que gosta, ter família e amigos que te amam e te apoiam.

 

Dra. Ana Paula Intra Matsumoto
CRM–PR 27909
Otorrinolaringologista - RQE 1197

• Formada pela Universidade Severino Sombra Vassouras - RJ
• Residência em Otorrinolaringologia pelo Hospital Nossa Senhora de Lourdes - SP
• Pós-Graduação em Medicina do Sono adulto e infantil pelo Instituto do Sono - SP
• Cursando Foniatria (área de atuação da otorrinolaringologia que estuda os distúrbios de comunicação e linguagem)
• Membro da Sociedade Brasileira de Otorrinolaringologia e cirurgia cervicofacial (ABORL-CCF)
• Sócia do Núcleo Especializado de Otorrinolaringologia (NEO)

 

 

Dra. Doryane

“O segredo é ter prioridades diárias”

Doryane Maria dos Reis Lima, nascida em Teresina, no Piauí, é coloproctologista, mãe do Mateus e do Felipe, esposa de Ladair Fernandes e movida por boas e memoráveis viagens. Chegou a Cascavel em 2007, para integrar o corpo clínico da Gastroclínica, centro médico de referência no Paraná em tratamento para todos os tipos de doenças do trato gastrointestinal. Além da dedicação clínica e cirúrgica, Dra. Doryane também optou por seguir a carreira na vida acadêmica, atuando como docente no Centro Universitário da Fundação Assis Gurgacz.

Mulher forte, simples, ama a família e a profissão. Mãe dedicada, reduziu a jornada de trabalho para ter mais momentos perto dos filhos; afinal, brincar com os meninos é uma das suas prioridades. A médica embasa suas ações em três principais valores: honestidade, religião e família. Assim, consegue conciliar todas as suas atividades sem deixar de lado aquilo que realmente importa.

Duas mulheres muito admiradas pela Dra. Doryane são Angelita Habr-Gama e Sthela Maria Murad Regadas. “São mulheres que desbravaram os caminhos da Coloproctologia Nacional e Mundial, antes só trilhado por homens. São fontes de inspiração diária”, conta a médica, que também se inspira ao ouvir grandes canções, com destaque para “Beautiful Day”, da banda U2, cujo trecho favorito diz: “It’s a beautiful day, sky falls, you feel like it’s a beautiful day, don’t let it get away” (em tradução: “é um dia bonito. O céu desaba, e você sente que é um dia bonito. Não o deixe escapar”).

É com esse pensamento, de não deixar os instantes escaparem, que Dra. Doryane guia seus dias. Aproveita todos os segundos que pode com o que ama e com o que busca realizar profissionalmente. Claro que na rotina diária também existem as dificuldades, como o fato de ter que lidar com pessoas que não se permitem ser cuidadas. Mas a médica segue focada em seus objetivos e na excelência. Duas de suas muitas conquistas foram a conclusão do mestrado e do doutorado na área, o que representa mais conhecimento e bagagem, inclusive em sala de aula, contribuindo na formação de outros profissionais. “Minha missão é ensinar as pessoas a cuidar do intestino, já que ele representa cerca de 30% da nossa imunidade. Assim, podemos ter uma qualidade de vida melhor e consequentemente diminuir a incidência de câncer neste local”, explica.

Cirurgias, exames, consultas, ministrar palestras, dar aulas, passar visitas nos hospitais, conduzir o Núcleo Científico da Gastroclínica; participar de seminários e congressos… A lista de compromissos desta médica vai longe! “Minha vida é bem corrida e organizada. Já durmo com o próximo dia planejado, pois são minutos preciosos para cada uma das atividades”.

Realmente, ser mulher-médica-mãe e professora exige malabarismo, jogo de cintura, sabedoria, atenção e disposição, mas Dra. Doryane tem tudo isso de sobra! E ela reforça que o espaço na agenda para estar ao lado dos filhos é fixo e inegociável. O coração de uma mãe é sempre repleto de ternura e compreensão, e é com os pequenos que ela se diverte, conta histórias, brinca, pula, dança e volta a ser um pouco criança também.

 

“Sou mãe do Mateus e do Felipe. Em alguns dias sou mais mãe; em outros, mais médica; e em outros (muitas vezes, bem menos), a mulher. Eu reduzi minha jornada de trabalho para me dedicar aos meus filhos.”

 

"Ter sucesso para mim significa ter uma família unida e pertencer a um ambiente de trabalho digno. Amo cuidar de pessoas, aprendo e cresço com todos ao meu redor.”

 

Dra. Doryane dos Reis Lima
CRM-PR 23678
Coloproctologista - RQE 1409
Cirurgia Geral - RQE 14660

• Formada pela UPE - Universidade de Pernambuco
• Residência em Cirurgia Geral pelo Hospital Barão de Lucena - PE
• Especialização em Coloproctologia no Centro de Coloproctologia do Ceará - Hospital São Carlos
• Mestrado e Doutorado na Universidade Federal do Ceará - PE
• Professora no Centro Universitário Fundação Assis Gurgacz - FAG
• Membro Associado da Sociedade Americana de Cirurgia Colorretal
• Titular da Sociedade Brasileira de Coloproctologia (SBCP)
• Associação Brasileira de Colite Ulcerativa e Doença de Crohn (ABCD)
• Grupo de Estudos da Doença Inflamatória Intestinal do Brasil (GEDIIB)
• Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva (SBMD)
• Coloproctologista e Diretora do NICT - Gastroclínica Cascavel

 

 

Dra. Luciana

“Oferecer o que há de melhor para quem está sob nossos cuidados”

Luciana Bailak é anestesiologista, mãe do Felipe e da Malu, esposa do também médico Marcelo Nicacio Santa Cruz e uma entusiasta do bem-estar humano. Não é à toa que dedica boa parte dos seus dias a desenvolver cada vez mais seu trabalho na área da anestesiologia e como médica intervencionista da dor. “A missão é sempre oferecer o que há de melhor a quem está sob nossos cuidados”, relata a médica. E isso, sem dúvida, ela faz com muito talento e capacitação.

Na rotina pessoal, valoriza os detalhes, assim como faz no trabalho. “A primeira coisa que faço é listar as prioridades da semana. Procuro organizar a logística da família de forma que fique mais fácil cumprir os compromissos. Sempre reservo um dia da semana para cuidar de mim indo ao salão, saindo com as amigas e um tempo para fazer atividade física. Porém, o mais importante é saber que as coisas podem não sair como o planejado, e está tudo bem”. Para a médica, o tempo dedicado com quem ama é o que há de mais valioso na sua vida, especialmente quando se trata dos filhos. Em seus momentos de autocuidado, ela aproveita os instantes se exercitando na musculação e na patinação.

Já em relação à profissão, Dra. Luciana não deixa dúvida: o grande propósito é conseguir diagnosticar, aliviar e tratar as dores em geral. “Alguns pacientes queixam-se de dor há dias, outros há décadas! Procuramos entender as mais diversas variáveis que estão atuando naquele paciente. Tudo influencia na dor! A temperatura do ambiente, o posicionamento do paciente, o que ele come ou o que deixa de comer, que horas dorme e quanto dorme, o que pensa a respeito do problema, a ansiedade, o medo, o que toma de remédio, o potencial para abuso medicamentoso, traumas sofridos na infância que podem estar repercutindo no agora por algum gatilho e as doenças crônicas que porventura possam apresentar são alguns dos fatores que precisamos abordar para compreender  e tratar a pessoa com dor”, explica.

Tanto a anestesiologia como a medicina intervencionista da dor dizem muito sobre o lado pessoal e atencioso da Dra. Luciana. Ela enxerga nas áreas de atuação muito aprendizado sobre relações humanas e resiliência, a superação das dificuldades e o fortalecimento que surge de cada vitória. “Comecei a estudar sobre a área de atuação em dor durante minha Residência em Anestesiologia. Achei fascinante! No corrente ano, eu e meu marido, que também é meu sócio, estamos cursando mais um programa de pós-graduação específica para o tratamento de dor em atletas. O ano de 2023 que nos aguarde… estamos sempre em busca do melhor para os nossos pacientes”.

O cuidado e o carinho também fazem parte da Dra. Luciana em relação à maternidade. O tempo com os filhos, com a família e os amigos é o que faz a engrenagem da rotina girar com mais leveza, faz tudo valer a pena, além de motivar essa mulher tão assertiva e empoderada.

 

“Meus filhos são o Felipe e a Malu. No meu dia não pode faltar o agito com eles. Não me comparo com aquela mãe que parece conseguir dar conta de tudo. O principal valor da minha vida é passar o tempo com quem amo. Gosto de ser quem sou e me orgulho por ter chegado até aqui, tanto na esfera pessoal quanto profissional.”

 

"O melhor da minha profissão é ajudar a controlar a dor dos meus pacientes. Saber que posso proporcionar uma qualidade de vida com menos dor é algo que alimenta a alma. O mais difícil é não se emocionar com as histórias de vida e superação que ouvimos no consultório.”

 

Dra. Luciana Bailak  
CRM-PR 23843
Anestesiologista - RQE 1767
Área de atuação em dor - RQE 29167

• Formada pela Unisul (Universidade do Sul de Santa Catarina)
• Residência em Anestesiologia no Hospital Santa Marcelina - SP
• Título de Especialista em Anestesiologia pelo MEC e pela Sociedade Brasileira de Anestesiologia
• Pós-Graduação em Tratamento Intervencionista na Dor Crônica - USP/RP
• Pós-Graduação em Intervenção para o Tratamento da dor Crônica  com ênfase em Radioscopia e Ultrassonografia - Hospital Israelita Albert Einstein - SP
• Título de Área de atuação em Dor pela AMB
• Staff da Residência de Anestesiologia do Hospital São Lucas de Cascavel - PR
• Membro da Sociedade Brasileira de Anestesiologia, da Sociedade Paranaense de Anestesiologia, da Sociedade Brasileira para o estudo da Dor e da Sociedade Brasileira de Médicos Intervencionistas em Dor
• Sócia-proprietária do Ares Centro Médico Hospitalar

 

Dra. Luciane

“Uma pessoa motivada consegue alcançar seu objetivo, ao contrário, se não houver um propósito, dificilmente ela persistirá nas mudanças propostas”

Luciane Celeste Lazari Berbel, nascida em Londrina, endocrinologista, mãe da Isabela e do Rodrigo, esposa do médico oftalmologista Rodrigo Fabri Berbel, vem de uma família grande e muito unida, é a caçula de quatro filhos: “minha família é meu porto seguro, somos muito unidos mesmo com a distância”, conta a médica, que se inspira especialmente em sua mãe, Geni, na hora de conciliar todas os papéis exercidos.

“Conheci meu marido no ano 2000, na universidade, começamos a namorar no mesmo ano e nunca mais nos separamos. Com certeza, ele é o amor da minha vida: meu amigo, companheiro, incentivador! Neste ano, completaremos 15 anos de casados e temos dois filhos. Minha família é um sonho realizado, meu maior tesouro”, relata Dra. Luciane.

Em 2011, Dra. Luciane e o marido decidiram se mudar de Londrina para Cascavel, onde começou a trabalhar inicialmente com seu consultório particular. Aqui, reencontrou a Dra. Gisele Toyama, que havia conhecido na UEL, e depois de muita conversa, com mais duas excelentes profissionais, Dra. Aline Paiola e Dra. Patrícia Pandolfo, em 2013 nasceu a Endócrino. As quatro sócias transformaram o centro de endocrinologia e diabetes em uma referência de credibilidade em todo o Oeste paranaense. Outra parceria importante e de sucesso é com a sogra, a nutricionista Bety Berbel. “Como moro longe da minha família, ela me acolheu como uma filha, e tenho um amor especial pela Bety. Como nossas especialidades se completam, temos vários trabalhos juntas, como o Programa de Emagrecimento, que já mudou a vida de várias pessoas, com conhecimento e saúde!”, comenta.

Com a pandemia, outros planos foram consolidados: nasceu a Beleza Plena, um projeto em parceria com a Dra. Michele Barros sobre tratamento estético corporal não invasivo, área em que são pioneiras na região. Dra. Luciane, em meio à rotina, também se dedicou às redes sociais para incentivar que seus pacientes não abandonassem o estilo de vida saudável mesmo com o isolamento social. Com o tempo, surgiram oportunidades, como a parceria com a Camila (cuja conta do Instagram é @eu_preparo) e a Dra. Bety Berbel para lançar um produto digital, o DetoxEupreparo, sucesso de vendas em todo o Brasil.

Mesmo em meio a muito trabalho, a endocrinologista abre espaço na agenda para os exercícios físicos, que são a primeira atividade do dia, e para os hobbies, como costurar, aulas de gastronomia e os jogos de tênis com as amigas. “Nem sempre consigo dar conta de tudo, mas escolho o que realmente é importante da rotina e me organizo”.

“Quando comecei a trabalhar, chegava a ficar 12 horas por dia atendendo depois ainda ia passar visita no hospital. Quando me tornei mãe, minhas prioridades mudaram, percebi a necessidade de ficar mais tempo com meus filhos, larguei meu concurso público e foquei no meu consultório particular”, relembra. Para ela, a missão do endocrinologista é atuar na prevenção, sobretudo do diabetes e da obesidade, incentivando a população a ter um estilo de vida mais saudável através de boa alimentação e exercício físico. “Eu exerço a medicina com amor! E a energia que recebo de volta com cada um desses projetos me motiva a buscar sempre o que há de melhor para meus pacientes. Hoje me sinto plenamente realizada”, finaliza.

 

“Sou mãe da Isabela, de 9 anos, e do Rodrigo, de 7 anos. Costumamos passar as manhãs juntos, fazendo tarefas, ouvindo música e nas aulas de tênis. Eu amo esse tempo com eles, pois sei que é uma dádiva e uma grande oportunidade poder estar presente.”

 

“Aprendi com a minha mãe a buscar minha independência, e não apenas da parte financeira, mas de escolhas. Uma mulher plena é aquela que pode escolher se deseja trabalhar fora ou ser dona de casa, se quer casar ou não, se quer ter filhos… sem se preocupar com os julgamentos! Eu escolhi ser médica, pois amo cuidar das pessoas, saber que com muito estudo posso transmitir informações que podem mudar vidas.”

 

Dra. Luciane Celeste Lazari Berbel  
CRM-PR 22610
Endocrinologista - RQE 1111

• Formada pela Universidade Estadual de Londrina (UEL)
• Residência em Clínica Médica e Residência em Endocrinologia e Metabologia (UEL)
• Mestrado em Ciências da Saúde (UEL)
• Membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM)
• Curso de ultrassonografia de tireoide pela SBEM
• Certificação em densitometria óssea pela Abrasso
• Participação no “Body on Top”, o maior congresso sobre tratamentos corporais médicos não invasivos
• Sócia na Endócrino - Centro de Endocrinologia e Diabetes
• Fundadora do Beleza Plena

 

Dra. Michele

“Todos nós temos a possibilidade de alcançar nossas melhores versões”

Michele Ferreira de Barros Toccolini Branco, dermatologista, é mãe do Nicolas e da Maitê e casada com Fábio Rodrigo Toccolini Branco. Para ela, a prioridade na medicina, hoje, é prestar um atendimento mais “exclusivo e personalizado”, por isso, passa mais tempo com cada paciente entre consulta e procedimentos.

A especialista no diagnóstico, prevenção e tratamento de doenças relacionadas à pele, a pelos, mucosas, cabelo e unhas, também capacitada para procedimentos médicos estéticos e cirúrgicos, preza por uma saúde mais integrativa. “O que mais amo na dermatologia é a possibilidade de trazer alegria, autoestima e bem-estar para a vida das pessoas, seja prevenindo doenças ou trazendo mais beleza através da parte estética. Levar ao paciente o conhecimento de como envelhecer melhor é uma importante missão. Por isso, gosto de incentivar a todos, além dos cuidados com a pele, a manter hábitos de vida mais saudáveis como uma alimentação equilibrada, atividade física regular e atividades antiestresse”, declara Dra. Michele.

A dermatologista vive uma rotina intensa, afinal, a pequena Maitê tem apenas quatro meses. Mas a correria não impede a médica de seguir comprometida com seu trabalho, inclusive com a docência, pois a responsabilidade em se manter atualizada é um dos valores que considera essencial em sua carreira.

É no Ares Centro Médico Hospitalar que Dra. Michele passa a maior parte de seu tempo – um centro de excelência no atendimento dermatológico, cirurgias plásticas e uma das maiores referências no Paraná em transplantes capilares, seguindo padrões de qualidade internacionais.
Também é uma das fundadoras do projeto Beleza Plena, em que aprendeu a cada dia a buscar uma nova e melhor versão de si mesma, e a médica enfatiza que “todos nós temos a possibilidade de alcançar as nossas melhores versões com o passar dos anos, ou seja, ter a oportunidade de envelhecer e se reinventar é algo maravilhoso”.

“Me sinto honrada por ser médica. Foram anos de convivência com centenas de pacientes que me ensinaram muito. Fazer parte de suas histórias e lutas diárias é gratificante, é um prazer poder ajudá-los”, relata com brilho nos olhos.

 Além de manter a vida profissional em dia, Dra. Michele não abre mão da convivência com a família e amigos, nem de suas atividades físicas e de autocuidado. “Deixa a vida me levar traduz bem a fase que estou vivendo. As obrigações vão sendo feitas de acordo com as prioridades. Tem que ter organização e muitas habilidades para ser mãe, médica e professora ao mesmo tempo”, comenta.  Aproveitar, viver, curtir e não desperdiçar. É isso o que ela faz quando está com os filhos, pois acredita que cada segundo apreciado se transforma em lembranças afetivas, em oportunidades de demonstrar e sentir amor, e uma maneira de agradecer pela família que construiu. Doutora Michele é quem gostaria de ser, e isso não tem preço: tem muito valor!

 

“Sou mãe do Nicolas, 5 anos, e da Maitê, 4 meses. Prezo muito a educação dos meus filhos e, apesar de ser muito ajudada, procuro estar presente na vida deles o maior tempo possível.  Sabemos que não é possível abraçar o mundo de uma vez, mas temos que aproveitar muito bem o nosso tempo, que é tão escasso.”

 

Completei 20 anos de formada em 2021, me sinto uma profissional realizada e só tenho a agradecer por minha jornada até aqui. Antes de ter filhos, trabalhei e estudei muito, me dediquei exclusivamente à dermatologia e à docência. Mas, nos últimos cinco anos, aprendi a me dividir entre a profissional, a mulher e a mãe e, apesar da imensa correria, isso tudo me tornou mais feliz e plena.”

 

Dra. Michele Ferreira de Barros Toccolini Branco
CRM-PR 21100
Dermatologista - RQE 14258

• Formada pela Unifoa (Centro Universitário de Volta Redonda))
• Residência em Clínica Médica no Hospital da Lagoa - RJ  
• Residência em Dermatologia e Cirurgia Dermatológica Hospital de Clínicas UFPR - Curitiba
• Ex-professora da Unioeste por 8 anos
• Atual professora colaboradora da FAG
• Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia
• Membro da Sociedade Internacional e Brasileira de Transplantes Capilares (ISRHS)
• Sócia do Ares Centro Médico Hospitalar
• Fundadora do Beleza Plena

 

A vida é feita de escolhas

Elas escolheram ser médicas de excelência, mães dedicadas, amigas unidas e mulheres que inspiram