SAÚDE NEWS

Editorias

Bem-Estar

10/07/2020
Sono e Saúde

NEO - Núcleo Especializado de Otorrinolaringologia

Muito diferente do que pode parecer o sono é um processo extremamente ativo, no qual nossa atividade sensorial perceptiva está reduzida. Então, enquanto nosso cérebro trabalha muito, nossa resposta muscular está reduzida. Cada estágio do sono é caracterizado por um ritmo cerebral e, em alguns deles, há funções muito específicas e importantes.
No primeiro estágio do sono, começamos a relaxar e nosso cérebro entra em “alfa”, nossa resposta aos estímulos de luz e sons vão reduzindo, mas ainda somos acordados facilmente. O estágio 2, já apresenta ondas cerebrais mais lentas, e algumas atividades características como os fusos do sono se correlacionam com seu Q.I. (coeficiente de inteligência). Conforme seu cérebro vai lentificando a atividade, chegamos nas ondas lentas que caracterizam o estágio 3. Nesse estágio do sono seu cérebro está “tão devagar” que entra em ação o sistema autonômico parassimpático, a pressão arterial cai, sua frequência cardíaca reduz, os níveis de hormônios relacionados ao estresse diminuem – cortisol e catecolaminas. Nesse estágio nosso cérebro e corpo passam por uma limpeza.
Sua imunidade, controle de apetite e plasticidade neuronal estão muito ligados a esse estágio. Finalmente o cérebro começa a se agitar de novo, tendo sonhos, estimulando áreas visuais no seu cérebro, os olhos se movem mesmo fechados, REM (Rapid Eyes Movement). O cérebro repassa memórias e decide o que deve ou não ser guardado, como um processador de dados. E durante este agito cerebral sua musculatura voluntária desliga totalmente.
Esses estágios se repetem em ciclos 4 a 5 vezes durante uma noite de sono do adulto. Se dormimos pouco, corremos o risco de diminuir um desses estágios e ter desde problemas de concentração, memória, cansaço físico e até problemas como hipertensão arterial e ganho de peso! Nosso sono é um dos pilares para uma vida saudável e longa.
Portanto, se mesmo dormindo 7 horas, você sente que não acorda tão bem quanto deveria, ou se apesar de tratar algumas condições de saúde não melhoram, cuide do seu sono. Isto é, leve uma rotina com redução do uso de telas, evitando estimulantes após o final da tarde, procurando acalmar a mente próximo a hora de deitar. Se mesmo assim não está tudo certo procure de um especialista, existem mais de 100 distúrbios do sono que podem estar impedindo sua saúde plena.

Rua Pernambuco, 2450 - Coqueiral - CEP 85807-050 - Cascavel/PR - Fone: (45) 3224-7212 / 3038-7216 / 99972-4744 / 99931-8072
COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.