SAÚDE NEWS

Editorias

Bem-Estar

15/11/2019
Ordens do sucesso

Márcia Isabel Reinehr - Cursos e Terapias Sistêmicas

 Na visão da Constelação Familiar Sistêmica o sucesso é alcançado quando paramos de julgar nossos pais e os aceitamos. Nesse momento, o sucesso sistêmico passa de sobreviver para viver. 
 
A figura materna é nossa ligação com a vida, os primeiros passos em direção a nossa mãe significa o rumo que vamos dar à vida. Quando aceitamos nossa mãe como ela é, assumimos a existência de filha ou filho.
 
Mesmo que tenha sido reservado para ela o papel de gerar a vida, nossa mãe também é uma mulher comum. Por vezes, nós (filhos) esquecemos disso com facilidade e exigimos dela um comportamento de uma super-heroína. Olhar para ela em sua integralidade é uma maneira de perseverarmos na vida e termos grandes chances de sucesso. 
 
O pai junto com a mãe participa do primeiro sentimento de amor, pois foi a partir desse amor que fomos gerados. O pai abre nossa mente para batalhar com todas as forças para sentirmos realizados em todos os sentidos. A figura do pai é um verdadeiro sinônimo de perseverança e garra. 
 
Quando também aceitamos nosso pai, se abrem para nós as portas do mundo da força, da realização social, do sucesso profissional e do compromisso para alcançá-lo. Se isso não acontece brigamos com nossa realidade.
 
Ao aceitar nossos pais ao mesmo tempo, estamos nos abrindo para o novo, nos permitindo viver e nos colocando a disposição da vida. Como se fosse um agradecimento aos nossos pais. Devolver à vida o que eles fizeram por nós é sinal de que o sucesso profissional fluirá em nossas vidas.  
 
“Se os pais fossem perfeitos, se a mãe fosse a ideal, não seriamos capazes de viver, não teríamos a força para viver. Somos capazes de viver porque nossos pais têm falhas.” Bert Hellinger
 
nossa mente para batalhar com todas as forças para sentirmos realizados em todos os sentidos. A figura do pai é um verdadeiro sinônimo de perseverança e garra. 
 
Quando também aceitamos nosso pai, se abrem para nós as portas do mundo da força, da realização social, do sucesso profissional e do compromisso para alcançá-lo. Se isso não acontece, brigamos com nossa realidade.
 
Ao aceitar nossos pais ao mesmo tempo, estamos nos abrindo para o novo, nos permitindo viver e nos colocando à disposição da vida. Como se fosse um agradecimento aos nossos pais. Devolver à vida o que eles fizeram por nós é sinal de que o sucesso profissional fluirá em nossas vidas.  
 
“Se os pais fossem perfeitos, se a mãe fosse a ideal, não seríamos capazes de viver, não teríamos a força para viver. Somos capazes de viver porque nossos pais têm falhas.” Bert Hellinger
Rua Pernambuco, 2450 - Coqueiral - CEP 85807-050 - Cascavel/PR - Fone: (45) 3224-7212 / 3038-7216 / 99972-4744 / 99931-8072
COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.