SAÚDE NEWS

Editorias

Bem-Estar

12/03/2019
Esquizofrenia não é paranoia, é doença

Dr. Fabiano Agostinho

Até poucas décadas, a doença era considerada loucura. Felizmente, os avanços das pesquisas e a divulgação de informações ajudam a derrubar esse estigma

Cercada por estereótipos, a esquizofrenia é uma doença psiquiátrica grave, sendo a terceira causa da perda de qualidade de vida de jovens e adultos. Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS/2018) revelam que a doença atinge mais de 21 milhões de pessoas no mundo - 12 milhões de homens e 9 milhões de mulheres. É uma enfermidade caracterizada pela distorção de percepções, consciência e comportamento, como se pensamentos e realidade nunca concordassem.
Apesar de poder se manifestar repentinamente, é mais comum surgir de forma gradativa e sutil, com sinais que, a princípio, a confundem com ansiedade e depressão: instabilidade de humor, isolamento, perda de energia, negligência com a higiene. Com o passar do tempo e, dependendo o grau e evolução da doença, o paciente pode apresentar falta de afetividade, indiferença em situações de tristeza ou alegria, delírios e alucinações.
É comum para o esquizofrênico sentir que está sendo vigiado ou ouvir vozes e ver pessoas onde não há nada. O suicídio também passa a ser um pensamento recorrente. Por isso, na fase crônica da doença, o paciente necessita de supervisão constante.
As causas da esquizofrenia ainda não são pontualmente conhecidas. Especialistas concordam que questões ambientais e traumas podem provocar surtos psicóticos, mas consideram a genética a principal culpada. Isso porque, no esquizofrênico, há a produção desregulada de dopamina - neurotransmissor responsável pelo controle do movimento corporal, da atenção e da sensação de prazer -, o que deixa o cérebro em estado de alerta, inclusive para perigos imaginários.
O tratamento da esquizofrenia é feito com antipsicóticos, que bloqueiam os receptores de dopamina. Esse medicamento deve ser indicado por um psiquiatra e o paciente não deve, nunca, interromper a medicação por conta própria. 
Rua Pernambuco, 2450 - Coqueiral - CEP 85807-050 - Cascavel/PR - Fone: (45) 3224-7212 / 3038-7216 / 99972-4744 / 99931-8072
COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.