SAÚDE NEWS

Editorias

Bem-Estar

15/07/2018
Técnicas fisioterapêuticas que promovem saúde

Acupuntura
Uma das mais importantes técnicas da Medicina Tradicional Chinesa que consiste na aplicação de agulhas metálicas em pontos específicos do corpo do paciente. A inserção estimula as terminações nervosas existentes na pele e nos tecidos, além de proporcionar efeitos terapêuticos, anti-inflamatórios e analgésicos. Ideal para o tratamento de doenças físicas e psicológicas. A Dra. Tatiana desenvolve um tratamento personalizado, a partir dos sintomas e queixas de cada paciente.
 

Auriculoterapia
Método terapêutico realizado na orelha por meio de aplicação de agulhas, sementes ou cristais, ideal para diagnósticos e tratamentos de diversas enfermidades. O pavilhão auricular é ligado a diversas áreas do corpo através de canais de energia e do sistema nervoso. A Dra. Tatiana esclarece que este método é indicado para tratar dores, distúrbios do sono, tensões musculares, problemas psicológicos, entre outros. Além disso, é de fácil aplicação, e proporciona excelentes resultados. A técnica também pode ser realizada em crianças.


Ventosas
A terapia com ventosas é um recurso dentro da Medicina Tradicional Chinesa caracterizada pela aplicação de ventosas que geram pressão negativa seguida por descompressão, ou seja, realiza uma sucção na pele. Esta absorção promove o aumento da circulação sanguínea no local e contribui para o processo de reabilitação. A Dra. Tatiana indica a técnica principalmente para tratar lesões, dores, inchaços, tensões musculares e promover relaxamento. Este método pode ser feito de modo isolado ou associado à acupuntura e fisioterapia.
 
Fisioterapia
A fisioterapia atua no tratamento e na prevenção de lesões e doenças. Para isso, são realizadas diversas abordagens pelo fisioterapeuta com o auxílio de aparelhos e terapias, conforme a necessidade de cada paciente. A Dra. Tatiana trabalha com foco na terapia manual e fisioterapia ortopédica e busca tratar problemas musculares, ligamentares ou posturais, que comprometem a saúde e a mobilidade dos pacientes.