SAÚDE NEWS

Editorias

Prevenção

15/05/2018
Entenda os principais sinais de distúrbios na ATM

A Articulação Temporomandibular (ATM) é uma das mais complexas do corpo humano, responsável por conectar a mandíbula ao osso temporal do crânio. Esta articulação trabalha muito para realizarmos movimentos simples no dia a dia como falar, mastigar e bocejar. Além disso, os músculos envolvidos ficam encarregados do controle da mandíbula, por isso, quando apresentam disfunção ou problemas, desencadeiam alguns sintomas desagradáveis:

- Você sente um “clique” ou um deslocamento quando abre e fecha a boca?
- Dores de cabeça ou de ouvido?
- Dores e pressão atrás dos olhos?
- Dores ao bocejar ou abrir muito a boca?
- Escuta algum barulho anormal quando movimenta a boca?
- Ou ainda, escuta zumbidos com frequência?


Estes são alguns dos principais indícios de Disfunção Temporomandibular (DTM) e se você respondeu sim para a maioria destas perguntas é possível que esteja com o problema.
A DMT afeta pessoas de qualquer idade, sexo ou raça, porém, a maior incidência está entre as mulheres. A cada quatro, apenas um homem é acometido pela doença. A patologia pode ocorrer em consequência de fatores emocionais como ansiedade e estresse, além de problemas musculares que causam deslocamento na articulação. Acidentes e quedas que tenham atingido a mandíbula, predisposição genética e bruxismo também contribuem para o desenvolvimento da DTM.
A investigação desta doença deve ser realizada por um odontólogo capacitado, pois as disfunções variam entre os pacientes. O profissional analisa os hábitos, realiza exames físicos e complementares, e direciona para o tratamento mais adequado. Portanto, é importante ficar atento aos sintomas e procurar um especialista quando necessário.