SAÚDE NEWS

Editorias

Bem-Estar

15/03/2018
Um poderoso aliado da sua saúde!

Quem adere à alimentação detox provavelmente já utilizou o gengibre em pelo menos uma receita. Isso porque o ingrediente é muito utilizado em chás, sucos verdes e sopas detox, além de poder ser aproveitado como tempero devido ao seu sabor forte. Originário na Ásia, os benefícios dessa raiz na nossa saúde já são conhecidos há muito tempo em países como Índia e China. Lá, o gengibre já tinha um cunho medicinal, embora também seja adotado em pratos da culinária oriental. Ainda assim, muitas pessoas desconhecem todos os seus benefícios para a nossa saúde.

Gengibre possui forte valor nutricional
Se você não se convenceu a respeito dos motivos de adotar o gengibre em sua dieta saiba que ele é fonte de minerais, incluindo magnésio, cálcio e potássio. Além disso, possui vitamina C e B6, apenas para citar parte de seu forte valor nutricional. Mas, verdade seja dita, ele atualmente é mais lembrado por ser usado em receitas de quem busca uma alimentação mais orgânica e saudável ou como remédio universal para diversos tipos de problemas.

Muito utilizado contra resfriados
A força medicinal do gengibre é atestada pela própria Organização Mundial de Saúde (OMS), que confirma seu uso eficaz no tratamento de gripes e resfriados. Isso porque além de ser um ótimo anti-inflamatório, alivia dores de uma forma geral, fortalece o sistema imunológico e ainda é um bom antibacteriano. Por todos esses fatores, seus chás e xaropes são perfeitos no combate a tosses e catarros, sintomas apresentados até nos menores resfriados.

A raiz é boa para a digestão
Em um de seus manuais, a OMS afirma que a raiz “Melhora a digestão, dá energia, alivia a diarreia e estimula o apetite”. Parte disso é possível porque o gengibre estimula o pâncreas, o que faz com que os nutrientes sejam mais bem absorvidos pelo corpo e permitindo que o aparelho digestivo não tenha que trabalhar de forma tão intensa. Isso sem falar que ele também é rico em fibras, se tornando um alimento essencial para quem sofre com prisão de ventre.

Indicado contra náuseas

Ainda de acordo com a OMS, o gengibre é muito indicado para quem sofre com náuseas, sejam elas devido a uma doença ou não. Inclusive, o alimento é listado como ingrediente essencial em dois manuais diferentes: um sobre Aids e outro sobre gravidez. Isso porque é bem comum que pessoas nessas duas condições sofram com enjoos, e em nenhum dos casos o gengibre é uma contraindicação, pelo contrário. Quando nos referimos às mulheres que estão esperando um bebê, ele é recomendado especialmente na fase inicial da gravidez, junto com camomila e outras fontes de vitamina B6.

Ajuda a aliviar a dor
Mulheres que sofrem com cólicas no período menstrual também podem ver no gengibre um grande aliado contra a dor. Por ser anti-inflamatório, ele ajuda também pessoas que têm problemas nas articulações e sentem dores musculares. Além disso, seu óleo também é utilizado em massagens que podem aliviar estes problemas. Tal prática é especialmente comum no Japão.

É rico em agentes antioxidantes
Já se o que você busca é evitar o envelhecimento precoce da pele, também é importante investir no gengibre devido aos seus agentes antioxidantes. Aliás, são eles que vão fortalecer o seu sistema imunológico e combater os radicais livres. Eles também evitam a formação de placas de gorduras nas artérias e que ocorram modificações no DNA das células. Portanto, também podemos dizer que a raiz é boa no combate ao câncer.

Bom para fazer dieta
Lembra que nós falamos que o gengibre auxilia na digestão? Pois é, ao acelerar o metabolismo ele também se torna um grande aliado das dietas, na queima de calorias e no tratamento da obesidade. Por isso, ele é tão utilizado nas receitas detox. Vale destacar que enquanto cru a quantidade de nutrientes que ele fornece é muito maior, então evite cozinhar muito essa raiz para ter todos os seus benefícios na sua alimentação.

Receitas com gengibre sugeridas pela OMS
Verdade seja dita, o gengibre pode ser consumido de diversas maneiras, que vão do cru ao em pó, que é a sua versão seca descascada e moída. Por isso mesmo ele é visto como ingrediente tanto de doces quanto de salgados. Mas quando o assunto é saúde, nada como xaropes e chás para que ele tenha a sua eficácia garantida. Por isso, a própria Organização Mundial de Saúde divulgou em manuais algumas boas receitas que podem ser feitas com o ingrediente. Dá uma olhada em algumas delas:

Bebida energética - Ferva numa panela um dente de alho grande, cúrcuma, gengibre fresco cortado em pequenos pedaços, água e leite. Cozinhe a mistura em fogo baixo durante dez minutos e depois deixe tudo esfriar um pouco. Se quiser, acrescente uma colher de mel ou açúcar para adoçar a bebida.

Bebida de gengibre - Primeiro separe oito copos de água potável, três colheres de gengibre, duas colheres de açúcar e uma pinha pequena picada. Misture todos os ingredientes e os deixe em um recipiente limpo e coberto em um local quente por um dia inteiro. Por fim, beba o suco que se formou com esse gengibre e, se quiser coma também a pinha.

Infusão de gengibre - Para esta receita você vai precisar apenas de gengibre e água, na proporção que preferir. Coloque pedaços de gengibre na água fria e depois ferva a mistura por dez minutos. Coloque a bebida em um recipiente coberto. Beba três copos do líquido sem o gengibre todos os dias antes das refeições.

Fonte: TAEQ