SAÚDE NEWS

Editorias

Notícias

15/03/2015
Cuidados no preenchimento da declaração do Imposto de Renda 2015

O Prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2015 é até 30 de abril.
O preenchimento da DIPF deve ser realizado com atenção e cuidado, tanto no aspecto da veracidade das informações, como também no preenchimento correto das mesmas, evitando com isso que o contribuinte cai na popularmente conhecida “malha fina”, que nada mais é que um cruzamento de dados de forma eletrônica.
Não há fórmula mágica para evitar a malha fina, mas, além do preenchimento correto e da veracidade das informações há de se destacar alguns pontos especiais:
- Cruzamento do valor do Imposto de Renda Retido na Fonte: A Receita Federal cruza as informações declaradas pelo contribuinte com as declaradas pelas fontes pagadoras na DIRF.
- Ausência de declaração de Fontes Pagadoras – inconsistência na DIRF: Extremamente importante não se esquecer de declarar todas as fontes pagadoras, pois as empresas informam à Receita Federal todos os pagamentos feitos que tenham algum imposto retido.
- Previdência Privada: tanto os valores investidos em previdência privada como os resgates realizados também são possíveis de cruzamento pela eceita Federal, uma vez que informados pelas empresas de previdência privada.
- Despesas com Saúde: As despesas com saúde devem ter o devido suporte documental, bem como a devida comprovação do pagamento, seja via cheque, cartão de crédito etc.
- Inconsistência na Variação Patrimonial: A conta é simples, mas merece atenção, ninguém pode acumular patrimônio maior que a renda. Para justificar a variação patrimonial, deve haver rendimentos declarados de forma suficiente.
- Ausência de declaração de aquisição de veículos novos: Estas aquisições são informadas à Receita Federal e devem ser devidamente declaradas.
- Falta de declaração de aluguéis recebidos e imóveis adquiridos os quais foram declarados pelas imobiliárias através da DIMOB.
- Despesas com cartões de crédito incompatíveis com os rendimentos, lembrando que os gastos superiores a R$ 5.000,00 mensais são informados à Receita Federal através da DECRED.
- Movimentação bancária elevada, as quais também são informadas à Receita Federal através da DIMOF.
 
Além dos cuidados acima mencionados, vale destacar que no caso de compra e venda de imóveis, inventários, divórcios, doações, integralização e redução de capital de empresa com bens móveis ou imóveis, incorporações, exercício de atividade rural, entre diversas outras operações, é necessário se ter um cuidado maior, pois além de mais complexas, estas situações se declaradas incorretamente ou se realizadas sem a utilização de todos os benefícios fiscais e deduções possíveis, poderão gerar tributação indevida. 
O Escritório CONSENSUS possui equipe especializada e se coloca a disposição para auxiliar no correto preenchimento da Declaração do Imposto de Renda, bem como apresentar as alternativas legais para uma correta economia tributária.

Rua General Osório, 2790, Sala 11, Ed. Lourdes David - Cep 85801-110 - Cascavel - PR
Fones (45) 3038-9497 e 3038-7497 - consensus@consensuscontabilidade.com.br
Rua Pernambuco, 2450 - Coqueiral - CEP 85807-050 - Cascavel/PR - Fone: (45) 3224-7212 / 3038-7216 / 99972-4744 / 99931-8072
COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.