SAÚDE NEWS

Editorias

Notícias

15/07/2017
Hospital de Olhos de Cascavel tem novidade em cirurgia de catarata

O Hospital de Olhos de Cascavel não para de inovar e investir. Agora, a novidade beneficia os portadores de catarata: o hospital é o primeiro da região e um dos pioneiros no País a disponibilizar o Signature PRO, equipamento desenvolvido pela norte-americana Abbott, que incorpora a última palavra em tecnologia para cirurgia de catarata. “Em oftalmologia, o conhecimento, a habilidade e a experiência acumuladas pelo cirurgião, são fundamentais, mas a inovação tecnológica traz uma contribuição importante tanto para o profissional, quanto para o paciente”, raciocina o médico Darci Dacome, integrante da equipe de 18 oftalmologistas do Hospital e um dos mais respeitados cirurgiões oftalmológicos do País, com milhares de procedimentos realizados ao longo de 23 anos de atuação.
Segundo Darci Dacome, o novo equipamento soma-se a outros de ponta já em utilização no Hospital e reúne os mais recentes avanços em facoemulsificação, que é a técnica mais usada em cirurgia de catarata. Vem a ser a quebra e aspiração do cristalino afetado pela catarata com o uso do ultrassom. O facoemulsificador é a máquina que controla o tipo e a intensidade do ultrassom, o vácuo, a aspiração e diversos outros parâmetros definidos pelo médico cirurgião. “Com os avanços incorporados ao Signature PRO, ganhamos em precisão, estabilidade e segurança. Na medida em que aplicamos menos ultrassom, por exemplo, reduzimos edemas e as perdas endoteliais. Ampliamos o conforto e agilizamos o retorno do paciente à sua rotina diária”, observa.

O que é a catarata
O cristalino é a lente que fica atrás da íris. Transparente, ele permite que os raios de luz passem por ele e alcancem a retina, para formar a imagem. A catarata é a opacidade do cristalino, que embaça e diminui a visão progressivamente. Os sintomas mais comuns da Catarata são visão borrada, ofuscamento, cores menos vivas, baixa visão noturna e até mesmo visão múltipla.
A Catarata pode ocorrer em qualquer faixa etária, mas é mais frequente após os 40 anos de idade. A doença é responsável por 50% dos casos de cegueira do mundo. Estima-se que em 50% das pessoas de 60 anos já seja necessária a realização da cirurgia e em quase 100% dos maiores de 80 anos.

Sem catarata e livre de óculos
O único tratamento efetivo para catarata é o cirúrgico. Mas os avanços tecnológicos não se resumem às práticas cirúrgicas, cada vez menos invasivas. Além de tratar a catarata também se pode corrigir ao mesmo tempo, outros transtornos visuais como miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia. Segundo o oftalmologista Darci Dacome, além das lentes intraoculares convencionais, que podem corrigir a miopia e a hipermetropia, estão disponíveis lentes capazes também de corrigir o astigmatismo e a presbiopia. São as lentes chamadas intraoculares Premium, que podem deixar o paciente independente dos óculos. Elas conseguem recuperar a boa visão de longe, intermediária e de perto, levando à independência total dos óculos em 90% dos casos.

Pacientes da região Sul, Paraguai e Argentina
Segundo a diretora técnica, oftalmologista Selma Miyazaki, a permanente atualização tecnológica, aliada à infraestrutura, atenção e atendimento personalizados são características marcantes que explicam porque o Hospital de Olhos de Cascavel vem atraindo volume crescente de pacientes de estados do Sul e Centro-Oeste, além do Paraguai e Argentina. “Reunimos, num amplo e confortável espaço, especialistas nas diferentes áreas da oftalmologia, reconhecidos nacional e internacionalmente, que contam com o suporte dos mesmos equipamentos e tecnologias disponíveis nos grandes centros mundiais”, explica.

Serviço:
A equipe médica do Hospital de Olhos de Cascavel é integrada por: Selma Miyazaki, Randal Dacome, Darci Dacome, Cesar Shiratori, Abenor M. Minaré Filho, Matheus Tonello, Letícia Cantelli Daud, Daniel de Oliveira, Andrea Hamamoto, Carolina Andrade, José Henrique Casemiro, Tubertino Monteiro, André Amaral Alencar e Luciana Teixeira Brigo, Daniel Traumann, Rodolfo Crivari, Danilo Araujo Micheletto, Marcela Koehler Crivari e Lícia Deon Weirich.


Dr. Darci Dacome
CRM-PR 12074
Oftalmologista - RQE 16332