SAÚDE NEWS

Editorias

Prevenção

15/07/2017
Depressão foi tema de palestra do Dr. Drauzio Varella em Cascavel

Comemorando seus 33 anos, a AMIC-Oeste trouxe a palestra do renomado médico oncologista

Cascavel recebeu no mês de abril a palestra “Drauzio quer conversar” com o médico oncologista Drauzio Varella, no teatro Emir Sfair. Promovida pela AMIC-Oeste (Associação de Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Oeste do Paraná) e com um público de mais de 800 pessoas, a palestra falou sobre um importante tema: a depressão.Neste ano, a campanha da OMS (Organização Mundial da Saúde) “Vamos conversar...” quer chamar a atenção das pessoas para esta doença, demonstrar formas de diagnosticá-la e como tratá-la.
Segundo o Dr. Drauzio, é fundamental falar de prevenção e disseminar informações sobre o tema. “A depressão nem sempre é fácil de reconhecer. Tristeza ou desânimo, muitas vezes, são confundidos com ela, mas a doença vai, além disso, é um tipo de tristeza que não tem fim. O que acontece é uma falta de interesse por tudo, falta de vontade de viver e nada consegue fazer a pessoa reagir. Por isso, a importância de fazer as pessoas entenderem que nessa situação precisam buscar ajuda com profissionais especializados”, explica.
Indivíduos de todas as idades, condições econômicas e sociais podem ser afetados por esse transtorno mental.
No mundo todo se estima que 350 milhões de pessoas sofram com a doença. No Brasil, segundo dados da OMS, cerca de 25% da população possui ou poderá enfrentar uma depressão.
“O Brasil sempre foi um país de grandes desníveis socioeconômicos e quando grande parte da população passa necessidade de coisas básicas, quando faltam as coisas mínimas para viver, é difícil que essas pessoas fiquem sempre alegres. Ou seja, são fatos que afetam a saúde mental e a saúde física da população”, avalia o médico.
Varella falou também sobre os sintomas, os estigmas criados em torno da doença e sobre os tipos de tratamento. Segundo ele, a doença é grave e pode levar à morte. Ela possui um quadro evolutivo, por isso reforça a ideia de que a depressão precisa de acompanhamento profissional para ter chances de ser curada.

Drauzio Varella é formado pela USP, especializado em oncologia e destacou-se pelas pesquisas sobre virologia e imunidade, com foco no vírus HIV, tema principal de seu livro de maior sucesso “Estação Carandiru”, posteriormente transformado em filme. Drauzio ganhou notoriedade pela sua contribuição intensa para a medicina e por tornar-se porta-voz em diversas campanhas governamentais sobre saúde.