SAÚDE NEWS

Editorias

Bem-Estar

15/01/2017
Saiba como desintoxicar o organismo depois dos excessos do final de ano

Panetone, rabanada, maionese, doces e bebidas alcóolicas.
Depois dos excessos das festas de final de ano, muitas pessoas decidem fazer dietas no início de janeiro para desintoxicar o organismo.
São as chamadas Dietas de Desintoxicação ou Dietas Detox.


Mas para obter resultados positivos sem prejudicar a saúde é preciso procurar orientação de um especialista. É o que alerta o coordenador geral de Nutrição e Alimentação do Ministério da Saúde, Eduardo Fernandes. “Nós orientamos que o ideal é consultar de fato um nutricionista, porque tem muita dieta detox que limita o consumo de carnes o que pode levar a carência de certos nutrientes e alguns grupos de vitaminas e tudo mais. Então, existe um risco associado, principalmente quando se trabalha em um ambiente de substituição de todas as alimentações por um determinado tipo de alimento que não vai ser capaz de suprir todas as necessidades. O grande risco é cair em uma dieta que não supra a sua necessidade de nutrientes, porque o que se preconiza é uma dieta saudável como um todo e com a orientação do profissional vai ser mais fácil para as pessoas terem toda a diversidade que é necessária para uma dieta saudável”.
A administradora Letícia Câmara da Silveira confessa que exagerou na alimentação no final de ano, mas conta que está disposta a desintoxicar o organismo. “No final do ano, com festas, Ceia de Natal, Réveillon, a gente sempre se excede um pouco na alimentação. Então, eu me excedi com a Ceia de Natal e agora, com o início do ano estou procurando mudar o meu hábito alimentar e comendo alimentos mais saudáveis. Pretendo marcar uma consulta com uma nutricionista para ela preparar um cardápio saudável para mim, que inclua esse tipo dieta de desintoxicação. Hoje mesmo, já estou procurando receitas de sucos detox para desintoxicar o meu organismo e pretendo continuar pelos próximos meses com uma dieta para desintoxicação alimentar”.
A nutricionista do Hospital Federal da Lagoa, no Rio de Janeiro, Sueli Oliveira, dá dicas para aqueles que, assim como a Letícia, pretendem desintoxicar o organismo dos excessos do final do ano. “Se a gente já está passando por uma recuperação de ter comido um pouco em excesso, muita gordura, muita fritura, normalmente no final do ano, então, é bom que se procure alimentos mais naturais nesse período para ajudar o organismo a eliminar esse excesso de alimentos ruins. Priorizar alimentação à base de verduras, legumes, frutas, especialmente com casca. Aproveitar integralmente os alimentos. Mas, para recuperar de uma maneira geral, a sugestão é o consumo de bastante líquido, principalmente naturais: água de coco ou sucos. Lembrando que o fato de consumir suco de fruta e alguma coisa mais natural, pode não ajudar a emagrecer. Na verdade, é necessário um conjunto de atitudes. A pessoa precisa ter muito cuidado na hora de optar por fazer esse tipo de dieta e sempre procurar uma orientação de nutricionista”.
Para saber mais sobre alimentação saudável basta acessar o Guia Alimentar para a População Brasileira, disponível na página do Ministério da Saúde.

Fonte: Diane Lourenço/ Agência Saúde