SAÚDE NEWS

Editorias

Beleza e Saúde

15/05/2016
Simplificando a rinoplastia

A busca pela harmonia e pela melhora nos contornos faciais é objeto de desejo de muitas pessoas e um dos procedimentos mais procurados para atingir esse equilíbrio é a rinoplastia. A rinoplastia é a cirurgia plástica que modifica a estrutura do nariz, na intenção de deixá-lo mais harmônico em relação ao restante da face. Essas alterações consistem tanto em diminuir, como em aumentar as estruturas que estão sob a pele, de acordo com a necessidade de cada indivíduo. Através de uma criteriosa avaliação, o cirurgião verifica quais as modificações necessárias para alcançar um resultado natural, respeitando ao máximo a vontade do paciente. Por muitas vezes, o resultado que o paciente deseja pode não ser possível de se obter, pois cada um possui características próprias de espessura de pele e estruturas ósteocartilaginosas. Ou seja, o nariz nunca deve ser avaliado isoladamente. Deve-se levar em consideração, inclusive, a biometria não apenas do rosto, mas do indivíduo como um todo, evitando, assim, que um paciente masculino, de grande estatura, por exemplo, fique com um nariz pequeno demais destoando de todo o resto. Durante a consulta são avaliados tanto os aspectos funcionais, quantos estéticos, tais como:
• O formato do rosto e a relação do nariz com os olhos, boca, testa e queixo;
• A competência do nariz para a passagem de ar (válvulas nasais interna e externa, septo e cornetos);
• E a queixa específica do paciente.
Muitos pacientes ainda se mostram relutantes em se submeterem a uma rinoplastia, receando uma mudança drástica na sua aparência. A intenção da cirurgia é justamente melhorar a harmonia entre o nariz e o restante da face, e o resultado esperado é uma suavidade maior na expressão facial. A partir dos anos 90, foram desenvolvidas novas técnicas de rinoplastia, popularizadas nos Estados Unidos pelos doutores Jack Gunter e Dean Toriumi, que consistem em reforçar a estrutura do nariz com enxertos de cartilagem, removidos do septo, das orelhas ou até mesmo das costelas, com o intuito de evitar/ atenuar as mudanças que as cartilagens nasais vão sofrendo ao longo dos anos, conferindo assim, uma maior sustentação e um melhor funcionamento do órgão. E a maior dica para as pessoas que desejam realizar não só a rinoplastia, mas qualquer cirurgia plástica continua sendo procurar um cirurgião plástico especializado, devidamente registrado na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Além de garantir resultados satisfatórios, o paciente também estará investindo em segurança e na integridade de sua saúde.


Carla Peterli participa do “V Open Rhinoplasty Course”
Entre os dias 15 e 19 de março, aconteceu o V OPEN RHINOPLASTY COURSE, na cidade de Bérgamo, norte da Itália, onde os maiores nomes da rinoplastia mundial se reuniram para expor e discutir casos, técnicas e as novas tecnologias que estão sendo empregadas nas cirurgias. A Dra. Carla esteve presente no curso e pode conferir tudo o que há de mais moderno na rinoplastia mundial, trazendo na bagagem muitas novidades para melhorar ainda mais os resultados nos seus pacientes. “Além da atualização, agregamos conhecimento durante congressos como este. Estamos sempre antenados, para oferecer serviços de qualidade e colocar a disposição de nossos pacientes tudo o que existe de mais moderno tanto na rinoplastia, quanto nos demais procedimentos que a especialidade de cirurgia plástica contempla”, afirma a médica.