SAÚDE NEWS

Eventos

Esportes

15/01/2020
Mergulho

Um contato diferente com a natureza

Benefícios para a saúde física e mental fazem do mergulho um esporte em ascensão em todo o mundo
 

O verão é a época propícia para algumas práticas esportivas que envolvem água e natureza. O mergulho é uma delas. Muito mais que exercitar o corpo e interagir com a natureza, o mergulho é uma atividade que possibilita à pessoa conhecer um mundo diferente e surpreendente.
Ao decidir cair na água, pode-se optar pelo mergulho com snorkel (tubo preso à boca para respirar quando o rosto está submerso) ou pelo mergulho autônomo. No primeiro caso, basta ter o snorkel, um par de
nadadeiras e uma máscara para enxergar embaixo da água. Já o mergulho autônomo é mais complexo, feito com cilindro de ar comprimido, e oferece a possibilidade de explorações em áreas mais profundas e por tempo prolongado.
O mergulho trabalha toda a musculatura, aumenta a força e a flexibilidade, fortalece o sistema cardiorrespiratório, alivia o estresse e a ansiedade. No entanto, mesmo com tantos benefícios, requer critérios e cuidados redobrados. O risco mais comum é a doença da descompressão, também chamada de barotrauma generalizado, que consiste na formação de bolhas de gás nos tecidos e sangue quando ocorre a despressurização. O processo é assim: ao mergulhar com ar comprimido, a pessoa aspira uma quantidade extra de oxigênio e nitrogênio. O corpo usa o oxigênio, mas o nitrogênio é dissolvido no sangue, onde permanece durante o mergulho. Caso a volta à superfície seja muito rápida – o que ocorre geralmente devido à ansiedade - não sobra tempo para o nitrogênio ser eliminado. Em vez disso, ele forma bolhas de gases que, transportadas pela corrente sanguínea, danificam os vasos e, em situações mais graves, podem causar infarto do miocárdio ou derrame cerebral.
Os sintomas da doença são: dor nas articulações, dor de cabeça, tontura, dificuldade de raciocínio e fraqueza nos braços ou pernas. Normalmente surgem de três a seis horas após o final do mergulho, mas podem ocorrer tanto dentro da água como até mais de 12 horas após o término da imersão. Ao mínimo sinal, é preciso procurar ajuda médica o mais rápido possível. O tratamento envolve a manutenção da pressão arterial e administração de oxigênio.

Para prevenir o barotrauma generalizado:
• Esteja bem hidratado antes do mergulho;
• Não ultrapasse o limite de profundidade estabelecido;
• Não permaneça submerso por mais tempo que o recomendado;
• Volte lentamente à superfície;
• Evite voos até 24 horas após o mergulho;
• Não consuma bebidas alcoólicas antes de mergulhar;
• Evite banheiras, saunas ou banhos quentes após um mergulho.

O batismo de mergulho
Não são todas as pessoas que se identificam com o mergulho. Quem deseja ter uma “amostra” desta experiência pode optar pelo batismo de mergulho, realizado em locais tranquilos, com no máximo 12 metros de profundidade. Além disso, a pessoa conta com o auxílio integral de um instrutor, que repassa as informações básicas e mergulha junto com o estreante. É uma “aventura” segura. Mesmo assim, para evitar dores de cabeça, antes de agendar seu batismo, é preciso certificar-se se a empresa que presta o serviço segue as regras ditadas por associações internacionais de mergulho e se os instrutores são certificados. É preciso verificar, também, se a escola oferece todos os equipamentos para a prática esportiva.

10 destinos para mergulhar no Brasil
Um dos melhores lugares do mundo para a prática do mergulho é Fernando de Noronha (PE), pois além da biodiversidade, possui águas mornas (em torno de 26º C) e cristalinas, com visibilidade de até 50 metros. Outros locais indicados para o mergulho autônomo ou com snorkel são: Bonito (MS), Arraial do Cabo (RJ), Paraty (RJ), Ilha do Arvoredo (SC), Guarapari (ES), Ubatuba (SP), Ilha de Boipeba (BA), Abrolhos (BA) e Maragogi (AL).

Restrições
A prática de mergulho autônomo não é aconselhada para gestantes e pessoas com problemas cardíacos, tuberculose, epilepsia, meningite, asma, diabetes, hipertensão, resfriado e claustrofobia. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Fontes: www.webventure.com.br, uol.com.br/viagem/ e www.saudecomdieta.com
Rua Pernambuco, 2450 - Coqueiral - CEP 85807-050 - Cascavel/PR - Fone: (45) 3224-7212 / 3038-7216 / 99972-4744 / 99931-8072
COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.