SAÚDE NEWS

Eventos

Social

14/07/2015
Unioeste

Projeto PDA realiza curso de hemodinâmica
O Projeto de Desenvolvimento dos Agentes Universitários (PDA) “Cuidados de enfermagem a pacientes submetidos a exames de angiografia” do Hospital Universitário do Oeste do Paraná realizou durante dois dias (29 e 30 de junho) um treinamento com material específico de hemodinâmica voltado para os plantonistas a distância do hospital. O treinamento foi dividido em duas turmas e reuniu 25 pessoas, do Centro Cirúrgico (CC), Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e Pronto-Socorro (PS). Segundo a coordenadora do projeto, Lourdes Pereira Duarte Pagno, o objetivo principal é que estes profissionais tenham noção de como dar assistência aos profissionais de outras alas, além dos pacientes e familiares. O projeto nasceu em dezembro do último ano, em virtude da necessidade de aprender a utilização dos materiais específicos da hemodinâmica. O tratamento e diagnóstico de doenças por meio da hemodinâmica são feitos com um equipamento com imagem de altíssima resolução. São equipamentos que gravam e arquivam os exames, e, estão ligados à rede de imagens do hospital, possibilitando a impressão de imagens fotográficas do paciente.


Cirurgia bariátrica
O serviço de cirurgia bariátrica e metabólica Huop realizou duas reuniões com pacientes obesos e seus familiares, a fim de instruir no tratamento clínico e cirúrgico da obesidade. O objetivo do grupo, segundo o coordenador do serviço, professor Dr. Allan Cezar Faria Araujo, é principalmente o tratamento clínico, e após o credenciamento, oportunizar o tratamento cirúrgico para todos aqueles com indicação. Segundo ele, os pacientes que foram atendidos até o mês de agosto do ano passado estão sendo chamados, junto com os seus familiares, para participar das reuniões de orientações pela equipe multiprofissional do Huop. “Já são aproximadamente 150 pacientes em tratamento, além dos que já têm o pré-operatório finalizado” salienta o doutor. Os usuários recebem o acompanhamento deste tratamento apenas depois de ser referendado pela central de regulação, a partir da busca pela Unidade Básica de Saúde (UBS), ou seja, não há possibilidade de fazer busca direta. Com isso, os pacientes são cadastrados na 10ª Regional de Saúde e já existe, uma lista de espera para a primeira consulta de aproximadamente 300 nomes. A cirurgia pode ser indicada para pacientes com IMC  entre 35 e 40 kg/m2 com comorbidades e IMC igual ou maior que 40, e para isto é necessário no mínimo dois anos de acompanhamento com vários profissionais da saúde (médico cirurgião, endocrinologista,  psicólogo, nutricionista, fisioterapeuta, farmacêutico, enfermeiro, assistente social e outros de acordo com a necessidade) até a equipe ter certeza de que  o  paciente se comprometerá em seguir os cuidados recomendados pela equipe multiprofissional.
Rua Pernambuco, 2450 - Coqueiral - CEP 85807-050 - Cascavel/PR - Fone: (45) 3224-7212 / 3038-7216 / 99972-4744 / 99931-8072
COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.