SAÚDE NEWS

Eventos

Congressos

25/11/2019
Intermedical e Biotronik divulgam soluções farmacológicas para cardiologistas da região

Diretores e representantes da Intermedical, distribuidora de produtos da Biotronik nas áreas vascular e coronária no Paraná, promoveram mais um encontro científico para médicos e profissionais que atuam diretamente na cardiologia intervencionista. Na ocasião, foi apresentado o balão Pantera Lux e anunciado oficialmente os resultados clínicos do estudo BioStemi sobre o stent Orsiro, um dos mais modernos stents farmacológicos coronários. O evento aconteceu em Cascavel, no dia 17 de outubro, no Restaurante MontLibanês.
O Orsiro é um dos stents com hastes mais finas disponíveis atualmente, com 60 micras de espessura. Revestido com um polímero bioabsorvível e Sirolimus (potente fármaco antiproliferativo), “tem apresentado desempenho e eficácia superior a outros stents já consagrados, inclusive em casos mais graves, como de obstrução coronariana. É um resultado inédito, um estudo que demostra superiodidade de um stent”, explica a gerente nacional de vendas da Biotronik, Elisangela Cachiete.
De acordo com o palestrante, o cardiologista intervencionista Dr. José Ribamar Costa Júnior, nos últimos 40 anos houve várias mudanças e progressos na cardiologia intervencionista, sendo que os principais das últimas duas décadas foram, provavelmente, os stents farmacológicos, que diminuíram as taxas de reestenose e de reintervenção nos pacientes. “Antigamente um terço dos pacientes tratados precisavam regressar ao hospital para fazer novos procedimentos ou, até mesmo, para indicação cirúrgica. Com o advento dessa tecnologia, esse índice reduziu significativamente. Hoje, somente cerca de 5% ou menos dos pacientes tratados necessitam de novos procedimentos”, salienta. Embora, de um modo geral os stents farmacológicos sejam muito superiores aos que existiam, Dr. José Ribamar destaca que há potenciais diferenças entre eles, que podem interferir no resultado tanto imediato como tardio. “O Orsiro comprova que pequenas diferenças - como espessura de haste, baixo perfil, maior facilidade de cicatrização e tipo de polímero - podem marcar o tratamento de muitos pacientes. No caso do tratamento da Síndrome Coronária Aguda, em que a taxa de complicação tende a ser maior, esse stent tem apresentado um ótimo desempenho”, declara o cardiologista.

Pantera Lux
Durante o encontro, os representantes da Intermedical e Biotronik também apresentaram o Pantera Lux, um balão coronário farmacológico revestido com medicamentos antiproliferativos, indicado para o tratamento de reestenose intra- -stent, lesões de novo, vasos pequenos e oclusões agudas. “Cascavel foi escolhida para sediar o evento por ser um importante polo da medicina da região Oeste do Estado e possuir uma rede de hospitais muito bem equipados, com médicos extremamente competentes”, destaca Fernando Pelegrini, Diretor da Intermedical.








Dr. José Ribamar Costa Júnior, Cardiologista Intervencionista

“Vivemos um momento em que esses dispositivos apresentam alto nível de eficácia e segurança. No entanto, surgem questionamentos se são todos iguais, se têm o efeito de classe e tratando milhões de pacientes, podemos afirmar: nem todo stent é igual.”










Elisangela Cachiete, Gerente nacional de vendas da Biotronik
“Uma das grandes missões da Biotronik é trabalhar em parceria com nossos distribuidores a fim de manter a empresa próxima dos médicos, oferecendo a eles tecnologia e desenvolvimento para, consequentemente, beneficiar os pacientes com nossos produtos.”






Agradecimento especial: a Biotronik e a Intermedical reconhecem o esforço e a dedicação de Ademar Bernardini, Elizandra Lago e Thais Yoshimera na organização deste evento.

Rua Pernambuco, 2450 - Coqueiral - CEP 85807-050 - Cascavel/PR - Fone: (45) 3224-7212 / 3038-7216 / 99972-4744 / 99931-8072
COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.