SAÚDE NEWS

Eventos

Congressos

15/05/2019
Cascavel sediou primeiro evento regional de Cirurgia Plástica

Nos dias 15 e 16 de março, foi realizado o I Simpósio de Cirurgia Plástica do Oeste do Paraná, no auditório da Associação Comercial e Industrial de Cascavel (ACIC). O evento, idealizado pela Liga Acadêmica de Cirurgia Plástica Estética e Reparadora (LIPLAST) do Hospital Universitário do Oeste do Paraná (HUOP), reuniu estudantes de Medicina de universidades da região e profissionais da área. O simpósio abordou a atuação da Cirurgia Plástica nos campos da estética e reparadora, com diversos assuntos relevantes. Para compartilhar e estimular o conhecimento, foram sorteados livros e materiais durante as atividades. Além disso, profissionais de renome conduziram diversas palestras e discussões: Dr. Julio Fernandes falou sobre “A vida na Cirurgia Plástica”, “Cirurgia da face: blefaroplastia e ritidoplastia” e “Rinoplastia”; Dr. Luciano Busato, sobre “Cirurgia para correção de lábio leporino” e “O papel da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) no âmbito das cirurgias plásticas estéticas e reparadoras”; Dr. José Froes, sobre “Mamoplastia” e “Abdominoplastia”; Dr. Dalto Pastro, sobre “Enxertos e retalhos”; Dr. Miguel Bailak, sobre “Introdução à cicatrização” e “Abordagem do atendimento e tratamentos de queimados”; e Dra. Anne Groth, sobre “Reconstrução mamária” e “Princípios da microcirurgia”.

Dr. Miguel Bailak
Cirurgião plástico e coordenador médico da Liplast

“A Liplast foi fundada com o objetivo de compartilhar conhecimentos e assuntos relacionados à Cirurgia Plástica, bem como complementar a formação dos acadêmicos, proporcionando uma visão mais aprofundada sobre a especialidade. Durante o evento, um dos temas que abordei foi a cicatrização, situação em que nos dedicamos para que o processo seja o melhor possível, isto é, para que a cicatriz tenha um bom aspecto. Muitas vezes, não conseguimos suprimir totalmente a cicatriz, mas buscamos sempre a melhora estética para que o resultado tenha um impacto positivo na vida do paciente. No caso dos atendimentos de queimaduras, acreditamos que em breve teremos a ala em funcionamento no HUOP, o que facilitará muito, pois não será necessário encaminhar as pessoas para Londrina ou Curitiba. Até porque, a abordagem destes pacientes é bastante delicada e difícil. Devido à complexidade, alguns quadros acabam deixando sequelas muito graves e prejuízos estéticos, necessitando tratamentos longos.”

Raphael Henrique F. Andrade
Presidente da Liplast

“Criamos a Liplast em 2018, uma iniciativa minha e do atual vice-presidente, Lucas Renan. Temos como coordenador médico o Dr. Miguel Bailak, cirurgião plástico e professor da Unioeste. Além disso, a Liga é vinculada à SBCP por meio da Associação Brasileira das Ligas de Cirurgia Plástica (ABLCP). Dessa maneira, frequentamos congressos nacionais da área, apresentamos trabalhos e temos o apoio dessas instituições. Em Cascavel, contamos atualmente apenas com a Residência de Cirurgia Geral, que é pré-requisito para cursar a de Cirurgia Plástica. Nossa expectativa é implantar futuramente esta Residência, em conjunto com a Ala de Queimados do HUOP. Neste simpósio, buscamos falar de todos os temas técnicos e práticos, desafios do cirurgião plástico e do papel da especialidade na sociedade.”

Dra. Anne Groth
Cirurgiã plástica – Curitiba/PR

“É recomendado realizar a reconstrução mamária logo após a cirurgia de retirada, pois a aparência, neste caso, está diretamente ligada à autoestima e consequente melhora psicológica, fatores que contribuem significativamente no tratamento do câncer. Fazer a reconstrução pelo Sistema Único de Saúde é garantido por lei. No entanto, o problema é que não existe um recurso associado, o que dificulta o processo. A perspectiva é mudar isso e tornar a reconstrução mamária mais acessível para a população. No caso das microcirurgias, ao contrário do que a maioria das pessoas imagina, não se trata de uma pequena cirurgia. Elas envolvem a utilização do microscópio e são transplantes/reconstruções extremamente complexas, que podem durar várias horas.”

Dr. Julio Fernandes
Cirurgião plástico – Curitiba/PR

“Neste evento, buscamos falar sobre o importante papel da Cirurgia Plástica, demonstrando a realidade da especialidade, pois, embora exista a cirurgia voltada para a estética, é essencial que os profissionais e pacientes lembrem que não se trata somente disso. Temos também o trabalho voltado ao tratamento dos queimados, relacionados ao câncer, defeitos congênitos, por exemplo. Além disso, lidamos com a autoestima e psiquismo dos pacientes. Então, um dos propósitos é devolver às pessoas o estímulo para viver de maneira saudável, ou seja, a cirurgia é um meio importante, mas a finalidade é o bem-estar. No que se refere aos livros que publiquei, sorteamos alguns durante o simpósio e um deles trata dos princípios e prática da especialidade, trazendo uma visão panorâmica da Cirurgia Plástica.”
 
Rua Pernambuco, 2450 - Coqueiral - CEP 85807-050 - Cascavel/PR - Fone: (45) 3224-7212 / 3038-7216 / 99972-4744 / 99931-8072
COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.