SAÚDE NEWS

Entrevistas

Tudo sobre varizes


Doutor Carlos Alberto Rover já soma 22 anos de medicina e, atua há mais de 20 anos como vascular. Também é o Fundador do “Curso Master em Fleboestética”, que já capacitou 574 cirurgiões vasculares, dentro e fora do país, até o presente momento. Seu conhecimento e habilidades técnicas, além de promover saúde, valorizam o que há de mais moderno e eficiente em tratamentos de varizes. Nessa edição, o especialista, esclarece dúvidas sobre o assunto.

Existe medicamento para varizes? 
Dr. Rover - Embora alguns medicamentos tratem os sintomas, não existe nenhum que “previna” o aparecimento de varizes ou que ajude a diminuir a evolução da doença.

Como surgem as varizes?
Dr. Rover - Elas se formam devido uma alteração genética na parede das veias, levando ao seu enfraquecimento e consequente dilatação.
Além disso, os hormônios também podem provocar varizes.

Os tratamentos são dolorosos?
Dr. Rover - Os tratamentos são feitos de forma “segura e indolor” e, geralmente, não necessitam de internação hospitalar.

É possível retirar varizes sem cortes?
Dr. Rover - Sim é possível. A partir da tecnologia do Endolaser, aquelas varizes calibrosas que antes eram arrancadas ou de difícil acesso, hoje são tratadas sem cortes. É uma técnica menos invasiva, com rápida recuperação e sem repouso após a alta hospitalar. O método é realizado puncionando a veia, em seguida, é inserida no interior da mesma uma fibra óptica que contém o feixe de laser na ponta, quando acionado faz com que elas sequem,
depois o organismo acaba absorvendo.  

Por que algumas pessoas têm varizes e outras não? 
Dr. Rover - Tem muito a ver com a predisposição familiar e o estilo de vida. O fator da hereditariedade está presente em quase 80% dos casos.
Mas outros fatores também contribuem para o surgimento de varizes, como trabalhar mais do que seis horas em pé ou sentado e mais de duas gestações. 

Existem microvarizes que, além das pernas, aparecem em outros lugares do corpo e que possam ser tratadas? 
Dr. Rover - Sim, existem microvarizes pequenas na face, pescoço, colo e abdome, que podem ser tratadas com o Laser Transdérmico. Além dessas, as veias superficiais da mama que se salientam, principalmente, após a colocação de próteses, também podem ser tratadas com o laser, melhorando e muito sua estética final com o procedimento.

Laser elimina os vasinhos? 
Dr. Rover - A Vascular Master Center utiliza-se do moderno laser Nd: YAG 1064 - de alta potência para tratar lesões vasculares e “secar os vasinhos”. Além dos vasinhos, grande parte das varicoses e algumas microvarizes das pernas podem ser tratadas apenas com o Laser Transdérmico, sem a necessidade das indesejáveis agulhas.

Quais as recomendações para aliviar os sintomas e controlar a evolução da doença? 
Dr. Rover - Vasinhos e microvarizes devem ser tratados para não evoluírem para varizes. Em alguns casos, as varizes provocam dores, cansaço, sensação de peso, inchaço, alterações na sensibilidade e pigmentação da pele, edema nos pés e úlceras nas pernas. A sugestão é logo procurar um cirurgião vascular de sua confiança. Além de tratar com um especialista, recomenda-se atividades físicas aeróbicas, para quem trabalha muito tempo em pé ou sentado o uso de meias elásticas, alimentação saudável, entre outros. 

Usar salto alto provoca varizes? 
Dr. Rover - É mito! Salto alto, depilação com cera quente, ginástica, musculação, subir e descer escada, nada disso provoca varizes.
 

Informe Publicitário

Vascular Master Center
Rua Maranhao , Nº 790 - Sala 307, Edf Green Centro - Cascavel
(45) 3224-7677 | www.vascularmastercenter.com.br