SAÚDE NEWS

Entrevistas

A paixão pela saúde motiva Dr. Meassi a inovar na Odontologia do Esporte


Novos tratamentos odontológicos favorecem a saúde e performance na prática de atividades físicas

João Cezar Meassi, especialista e mestre em ortodontia e ortopedia facial, idealizador do Aparelho Respiratório Intrabucal para tratamentos dos distúrbios do sono se propõe a um novo desafio: melhorar o rendimento dos atletas, profissionais ou não, por meio da manutenção da saúde oral. Doutor Meassi, que também é Presidente da Associação Brasileira de Odontologia - Regional de Cascavel, informa que a manutenção de todo sistema estomatognático de um atleta deve ser especializada. Isso porque, além do desgaste físico e metabólico, seu rendimento, treinos e competições podem ser afetados pelos distúrbios da saúde bucal. Até mesmo os medicamentos prescritos pelo dentista devem ser apropriados para não interferirem no exame anti-dopping. Deste modo, os cirurgiões-dentistas passaram a desenvolver particularidades do atendimento de esportistas. Contudo, a odontologia esportiva pode beneficiar não só atletlas profissionais, mas qualquer pessoa que deseja melhorar sua qualidade de vida.

SN - Por que está especializando-se em odontologia do esporte?
Meassi -
Sempre fui um profissional preocupado com a qualidade de vida das pessoas. Há muitos anos me especializei em odontologia do sono, pois dormir bem é relaxante e faz bem à saúde. Porém, noites mal dormidas afetam negativamente todas as esferas da vida. Por isso, fui o idealizador do Aparelho Intrabucal para tratamento dos distúrbios do sono. Recentemente, finalizei um curso de aperfeiçoamento em Ortodontia Lingual e estou credenciado em Odontologia do Esporte. As práticas esportivas estão cada vez mais envolvidas em nosso cotidiano. Atletas profissionais e amadores nem imaginam a importância de cuidar da saúde bucal, que contribui para maior disposição, performance, bem como diminui os riscos de lesões.

SN - Quais os benefícios dessa nova área de atuação odontológica?
Meassi -
Odontologia do Esporte possibilita ao profissional de Odontologia desenvolver novos conceitos de prevenção dos traumatismos e doenças orais decorrentes das práticas esportivas, assim como garantir a excelência da saúde bucal, detectando problemas que podem estar associados ao rendimento físico. A Odontologia do Esporte trabalha em conjunto com outras áreas, como a medicina esportiva, fisioterapia, educação física, nutrição, fonoaudiologia, psicologia esportiva, dentre outras. Dessa maneira, obtêm-se resultados mais satisfatórios e melhora na qualidade de vidas das pessoas.

SN - Por que, além de interagir com outras especialidades, a Odontologia do Esporte tem enfoque multidisciplinar?
Meassi -
A odontologia esportiva demanda das mais diversas especialidades odontológicas, como: periodontia (gengiva e estruturas de suporte dentário), próteses e implantes (reposição de dentes perdidos), ortodontia/ortopedia (correção de dentes mal posicionados e alterações ósseas), endodontia (tratamento de canais), cirurgia e traumatologia buco-maxilo-facial (traumatismos decorrentes da prática esportiva). No Centro Especializado em Odontologia Meassi, já realizamos todos esses tratamentos que garantem a qualidade da saúde bucal.

SN - Como a má saúde bucal interfere na performance humana?
Meassi -
Vários motivos podem prejudicar o desempenho de um atleta ou de pessoa comum: má oclusão que gera problemas de mastigação, interferindo na absorção de nutrientes, como também pode provocar desequilíbrios musculares e causar problemas na articulação temporomandibular. Dores de dente ou desconforto prejudicam na concentração. Focos de infecções na boca representam não só o comprometimento da saúde dos dentes, como também pode espalhar-se pela corrente sanguínea, provocando riscos para o coração; Também é preciso cuidar com as fraturas dos ossos da face e dos dentes, bem como lesões de língua, lábios e bochechas. Já a prevenção do câncer bucal, é um dos fatores mais importantes, pois essa doença poderia causar a aposentadoria do atleta, ou pior, levá-lo a óbito.

SN - Qual a diferença entre um protetor bucal e seu novo sistema de aparelhos intrabucais desenvolvidos para Odontologia do Esporte?
Meassi - 
Um protetor bucal é um aparelho que se encaixa nos dentes para protegê-los de qualquer tipo de impacto. Com anos de experiência comprovada da eficiência do meu aparelho intrabucal para tratamentos de distúrbios do sono, desenvolvi um novo sistema para a Odontologia do Esporte. Esse sistema se diferencia dos protetores bucais porque além de proteger os dentes, permite melhora da capacidade respiratória (ou seja, contribui na oxigenação do organismo) e melhora o posicionamento muscular neurofisiológico. Tudo isso aumenta a performance.

SN - Seu novo sistema para Odontologia do Esporte é indicado apenas para melhorar o desempenho de atletas profissionais?
Meassi -
Não. Ele foi desenvolvido para todas as pessoas que desejam melhorar performace. Pode ser no treino da academia, numa corrida, em jogos de futebol, basquete, beisebol, rugby, hóquei, skates, ginástica, ciclismo, dentre outras atividades.

SN - Esse novo sistema seria apenas para adultos?
Meassi -
Para todas as idades, da infância até a velhice. Vale ressaltar que as crianças com síndrome da respiração bucal, são as mais afetadas na qualidade do desenvolvimento físico, psíquico e no desenvolvimento da face e das arcadas dentárias.