SAÚDE NEWS

Matérias

Conteúdo

15/05/2015
Congresso Brasileiro de Cirurgia da Mão alerta sobre prevenção, perigos e tratamentos de traumas nas mãos e antebraços

 Entre os dias 19 e 21 de março, a cidade de Foz do Iguaçu (Paraná) recebeu o 35º Congresso Brasileiro de Cirurgia da Mão, organizado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão.  O evento acontece anualmente e tem o objetivo de apresentar novas técnicas deste segmento, além de reunir os profissionais mais renomados da área para compartilhar suas experiências. Durante três dias, os convidados participaram da Jornada de Terapia de Mão, do Simpósio IBRA (International Bone Research Association) e, ainda, assistiram palestras nacionais e internacionais sobre importantes temas científicos como doenças degenerativas e pseudoartrose de escafoide.
O destaque do evento foi a participação do convidado internacional da presidência, o norte-americano Scott Kozin. Responsável pelas conferências internacionais. Ele abordou temas como a policização, plexo braquial, fraturas no cotovelo, antebraço e pulso, as complicações das fraturas da extremidade superior em crianças e das lesões nervosas, incluindo as dificuldades no diagnóstico e tratamento. Scott Kozin é professor clínico do Departamento de Cirurgia Ortopédica da Temple University School of Medicine, reconhecido internacionalmente por seu trabalho voluntário em países em desenvolvimento.
 
Outro destaque no Congresso foi o curso da AAHS – Associação Americana de Cirurgia da Mão que tratou assuntos como o trauma e a reconstrução do membro superior (ombro, cotovelo, pulso e mão).
 
Prevenção
Somente no ano passado, foram registrados em todo o Brasil cerca de 74.300 mil casos de afastamento no trabalho por traumatismo de cotovelo, antebraço mãos e punho, segundo dados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). No total, o órgão tem atualmente 241.269 pessoas cadastradas nesta categoria no auxílio doenças, entre previdenciários e acidentados no trabalho.  Diante deste cenário, a Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão organiza todos os anos o Congresso Brasileiro de Cirurgia de Mão.  As mãos e os demais membros superiores são utilizados em muitas atividades diárias, seja em casa ou no trabalho. “Uma lesão na mão pode prejudicar a carreira de um profissional da saúde, como cirurgiões e dentistas, por exemplo. Nosso objetivo é mostrar que o atendimento adequado em caso de acidentes é fundamental para possibilitar a plena recuperação das funções dos membros superiores”, afirma Luiz Koiti Kimura, presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Mão. Cuidados básicos no dia a dia podem evitar acidentes. No trabalho, por exemplo, a operação de maquinário deve ser realizada com a proteção adequada e em casa, os cuidados na cozinha devem ser redobrados, facas e fogo são perigosos. “Em acidentes que envolvem as mãos, há tanto casos simples quanto complexos. O descuido pode causar uma simples fratura ou a degradação de um nervo, deixando sequelas para toda a vida”, finaliza Luiz Koiti.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Sociedade Brasileira de
Cirurgia da Mão (SBCM)
A SBCM congrega os médicos especialistas em Cirurgia da Mão e Reconstrutiva do Membro Superior. Promove e tem a responsabilidade na formação de especialistas e fornece condições para atualização permanente, sob a forma de ensino, pesquisa, educação continuada, desenvolvimento cultural e defesa profissional. 
http://www.cirurgiadamao.org.br/
 
Rua Pernambuco, 2450 - Coqueiral - CEP 85807-050 - Cascavel/PR - Fone: (45) 3224-7212 / 3038-7216 / 99972-4744 / 99931-8072
COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.