SAÚDE NEWS

Matérias

Conteúdo

15/03/2015
Comida caseira com toque de sofisticação

Comida brasileira e saudável do Chefe Paulinho, Doce Tempero, cativa clientes de Cascavel e Região

Receitas de família marcam a história de qualquer um. Sentir o sabor característico daquela comida da mãe, da avó, pode te fazer voltar ao passado e relembrar os bons momentos com quem amamos. Mas reviver essas boas lembranças nem sempre é possível na correria do dia a dia. Com a facilidade das comidas congeladas e prontas, fica difícil dispor de um tempo para apreciar uma boa comida caseira.
Pensando em atender aos que não têm esse tempo disponível, o chefe de cozinha, Paulo Roberto Bacaro, vislumbrou investir em uma comida bem preparada, em um local confortável. O empreendedor tem 55 anos e antes de assumir os dotes culinários foi produtor artístico. Mora em Cascavel há mais de 35 anos e começou de forma amadora, preparando molhos e caldos. Além de cozinhar para amigos e familiares, ele cuidava de pratos em eventos. Paulinho, como gosta de ser chamado, assumiu o Doce tempero, há mais ou menos cinco anos, sempre valorizou a comida bem brasileira, sem modismo! Não utiliza frituras, conservantes, corantes ou enlatados em suas receitas. Esse diferencial, aliado a um ambiente aconchegante e música de qualidade, firmou o Doce Tempero como uma referência no setor gastronômico do Oeste.  “Entre você ter o dom de cozinhar para poucas pessoas e montar um restaurante é um longo caminho. Mas, essa porta se abriu, pois vi na comida caseira uma grande oportunidade de negócio. Graças a Deus fui abençoado na realização desse sonho”, comenta Paulinho.
E o cuidado vai muito além do preparo dos pratos. Localizado na Rua Paraná, bem no Centro da cidade, o local é pequeno se comparado aos prédios e construções que o rodeia. Mesmo assim, o ambiente, a decoração e o clima do local são fontes de inspiração. O aconchego traz aquela sensação de estar em casa para o almoço. “Eu não queria ter o maior restaurante da cidade, mas sim o melhor. E para ter o melhor, você não precisa ter o maior”, destaca Paulinho.
A preocupação maior de toda a equipe do Doce Tempero não é pelos grandes investimentos, lucros, estratégias de venda e meios de atrair novos clientes. A visão sobre a gastronomia é como uma fonte de inspiração e um objeto de cuidado diário. Sem especialização oficial na área, Paulinho aprendeu tudo o que sabe na prática, lidando diariamente com a cozinha e a exigência da clientela.
Com casa cheia de segunda a sábado, o que mais atrai os clientes, não só de Cascavel, mas de todos os cantos do estado, é o cuidado pelo servir bem. Com uma mente aberta sobre o mundo da gastronomia, o paladar apurado e muita fé, o chefe Paulinho sempre está a procura de novos pratos e receitas que se aproximem das comidas do cotiano, mas sem perder o requinte.
“Deus te dá o dom e com o tempo você descobre isso. O meu é o da gastronomia e consigo passar isso para o cliente. Não é só uma faculdade que ensina, na verdade, você é um laboratório! Quando o cliente está satisfeito, é sinal de que está conseguindo usar o dom que Deus lhe deu”, afirma o chefe.

Fonte: Maycon Corazza e Saúde News


Segunda a Sábado - 11h às 14h30min
Aos sábados, a feijoada mais tradicional da cidade.
Rua Paraná, 2447 - Galeria Paschoal - Estacionamento próprio e gratuito - (45) 3038.0397
Rua Pernambuco, 2450 - Coqueiral - CEP 85807-050 - Cascavel/PR - Fone: (45) 3224-7212 / 3038-7216 / 99972-4744 / 99931-8072
COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.