SAÚDE NEWS

Matérias

Conteúdo

16/07/2017
CRM realiza sessão de desagravo público em favor de médico

Conselho Regional de Medicina reúne-se com médicos de Cascavel

O presidente do Conselho Regional de Medicina (CRM-PR), Dr. Wilmar Mendonça Guimarães, esteve em Cascavel no dia 30 de junho para realizar uma sessão de desagravo público em favor de um médico cascavelense. O desagravo é referente ao caso de um paciente com miíase no nariz que procurou ajuda na Unidade de Pronto Atendimento do Jardim Veneza em Cascavel. Ele foi atendido e liberado para ir para casa. A família reclamou do atendimento e o prefeito de Cascavel interviu na situação, chamando o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhando o paciente ao HUOP (Hospital Universitário do Oeste do Paraná).
“O Conselho analisou a documentação que foi enviada e também a forma que o paciente foi tratado, analisando a literatura médica e concluiu-se que era um tratamento adequado. Então, estamos aqui hoje em apoio à classe médica e ao médico devido à situação vexatória na qual ele foi exposto”, declara o presidente do CRM.
Ainda de acordo com Guimarães, a atitude do prefeito de ter recolhido os prontuários médicos do paciente em questão não foi correta, pois é um documento sigiloso.
O diretor da delegacia regional do CRM Cascavel, Dr. Roberto Machado diz que não deve haver um movimento de revolta contra os médicos. “O médico está ali para atender os pacientes, mas quem faz a gestão pública são outras pessoas, essas pessoas que devem ser cobradas. O médico está aqui para tratar da saúde da população”, declara.
O vice-presidente da AMC, Associação Médica de Cascavel, Dr. Márcio Couto, acompanhou a sessão juntamente com representantes do Sindicato dos Médicos do Paraná e diz-se surpreso com o acontecido: “Políticos experientes sabem as condições de trabalho das equipes de saúde, situações de conflito podem surgir, notadamente nas unidades de urgência. A solução está no diálogo, no treinamento do pessoal de saúde e na boa gestão – isso não se faz à luz de câmeras de vídeo. Reconhecemos a boa intenção do prefeito, que é uma pessoa do bem e montou uma boa equipe de gestores, com jovens idealistas que saberão lhe orientar melhor daqui para frente”.
O Conselho continuará acompanhando o caso e um documento foi enviado ao gestor do município.